CTG Brasil beneficia mil pessoas com ações voluntárias

Empresa promoveu Semana do Voluntariado, que envolveu 11 instituições e a participação de 300 colaboradores

Com objetivo de fortalecer ainda mais os laços com a comunidade, a CTG Brasil, segunda maior geradora privada de energia do País, promoveu em dezembro a Semana do Voluntariado. As ações envolveram a participação de cerca de 300 colaboradores, que realizaram trabalhos em 11 instituições de municípios localizados na área de atuação da empresa.

Organizada pelo segundo ano consecutivo, a Semana do Voluntariado conta com o apoio e suporte da Atados, ONG especializada em voluntariado, e beneficiou nesta edição aproximadamente mil pessoas.

Três dessas ações ocorreram em cidades do rio Paranapanema, onde a empresa administra oito usinas hidrelétricas.

Em Porecatu, na região da UHE Capivara, por exemplo, os voluntários realizaram atividade de pintura e reparo nos brinquedos do parque infantil “Alzira Gonçalves Fernandes”. Em Ourinhos, cidade próxima às Usinas Chavantes e Salto Grande, os voluntários arrecadaram brinquedos para as crianças do Seminário de Nossa Senhora de Guadalupe, com presença do Papai Noel. E em Assis, na região das UHEs Canoas I e II, eles participaram de atividades recreativas e reformaram a cobertura do Abrigo de Idosos.

Em Três Lagoas, região da UHE Jupiá, os voluntários participaram de oficina na Associação Cultural e Ancestral Africabrasil Capoeira, para confeccionar, com participação dos alunos, instrumentos como berimbau, tambor e caxixi. Antes, em Selvíria, a ação envolveu interação com idosos do Lar do Idoso “Paulo de Tarso”.

Já em Abdon Batista, região da UHE Garibaldi, os voluntários realizaram atividades com crianças e jovens assistidos pela APAE Vida Nova.

Segundo Salete da Hora, diretora de Marca, Comunicação e Sustentabilidade, o Programa de Voluntariado da CTG Brasil nasceu com o objetivo de incentivar os colaboradores a oferecer seu tempo e suas habilidades como forma de contribuir para o desenvolvimento sustentável das comunidades onde a empresa atua.

A escolha das instituições é feita pelos colaboradores, e as ações definidas pelos voluntários em conjunto com cada instituição. Antes de irem a campo, no entanto, todos passam por capacitação.

“Entendemos que o desenvolvimento sustentável deve permear todas as nossas atividades e, por meio dessas ações, os colaboradores têm uma oportunidade de aprender e experimentar situações que contribuirão com seu próprio crescimento, além de promover o bem para outras pessoas”, destaca Salete.

Saiba mais no Portal do Voluntariado: https://voluntariadoctgbrasil.v2v.net/pt-BR.