CTG Brasil anuncia novo diretor de Operações para usinas dos rios Paranapanema e Sapucaí-Mirim

Com 30 anos de experiência no setor elétrico brasileiro, o engenheiro Márcio José Peres assume a posição responsável pela operação de 10 usinas

A CTG Brasil, segunda maior geradora privada de energia do País, anuncia Márcio José Peres como diretor de Operações e Manutenção das usinas nos rios Paranapanema e Sapucaí-Mirim. São 10 usinas, sendo oito hidrelétricas no rio Paranapanema e duas Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) no rio Sapucaí-Mirim.

“Para mim, é uma satisfação fazer parte da equipe da CTG Brasil. A empresa tem um planejamento de longo prazo aqui no Brasil, que inclui projetos de modernização com o objetivo de termos operações e usinas ainda mais eficientes. Estarei diretamente envolvido nesses projetos e fico feliz de fazer parte desse processo a partir de agora com uma equipe comprometida em trazer ganhos para o setor elétrico brasileiro”, reforçou Peres.

Formado em engenharia elétrica pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU) e com MBA em Gestão de Negócios pelo IBMEC, Peres possui sólidos conhecimentos no desenvolvimento de projetos, construção e operação de hidrelétricas. O executivo também possui formação em liderança e gestão de pessoas, com treinamentos da Florida Christian University, e da Fundação Dom Cabral, além de curso internacional pela INSEAD.

Com 30 anos de experiência no setor elétrico, Peres ocupava anteriormente a posição de diretor estatutário de subsidiárias integrais de Geração da Cemig. Na estatal mineira, o executivo exerceu diversos cargos de liderança e foi membro titular do conselho de administração das SPEs UHE Itaocara SA e Guanhães Energia SA, além de membro titular do conselho de administração da holding Cemig.

Para o vice-presidente de Geração e Comercialização da CTG Brasil, Evandro Vasconcelos, a chegada de Peres ao time de O&M vai permitir que a empresa avance com ainda mais agilidade os projetos que tem no Brasil. “Pensando na área de atuação do Márcio, concluímos recentemente a modernização da Usina Capivara e temos planos de iniciar em breve a de Rosana. E ele com toda a sua experiência com certeza vai nos ajudar a tocar esse e outros projetos com sucesso.”