CTG Brasil solta 620 mil peixes no rio Paranapanema

A CTG Brasil promove, a partir de quinta-feira (21), a soltura de 620 mil peixes no rio Paranapanema, onde estão localizadas oito usinas hidrelétricas operadas pela empresa.

A primeira soltura, no dia 21, será uma ação especial em comemoração ao Dia Mundial da Água (22/3) e ao Dia do Rio Pardo (25/03), e contará com a presença de cerca de 350 alunos de escolas da rede pública de Santa Cruz do Rio Pardo (SP) e região. Serão soltos 120 mil alevinos da espécie curimbatá. A ação, realizada em parceria com a Sabesp e a ONG Rio Pardo Vivo, contará com presença de autoridades e ocorrerá a partir das 11h, na Associação Sabesp, em Santa Cruz do Rio Pardo.

“A CTG Brasil tem como um de seus pilares a proteção do meio ambiente e da biodiversidade, e o trabalho de conscientização ambiental com as crianças é fundamental para garantir um futuro mais sustentável”, afirma Aljan Machado, diretor de Meio Ambiente, Saúde e Segurança.

Outras cinco solturas, de mais 500 mil peixes, estão programadas entre os dias 1º e 5 de abril, na região dos reservatórios de Capivara, Rosana, Canoas I e Salto Grande.

A ação faz parte do Programa de Manejo e Conservação da Ictiofauna, realizado pela CTG Brasil com o objetivo de repovoar e garantir a diversidade de peixes por meio da produção e soltura de espécies nativas. As solturas são autorizadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Os peixes utilizados nas solturas são produzidos na Estação de Piscicultura, mantida pela CTG Brasil em Salto Grande (SP). No laboratório, além da produção de peixes, são desenvolvidas pesquisas em parceria com universidades. Desde o início do programa, mais de 34 milhões de peixes foram soltos nas bacias dos rios Paranapanema e Paraná.