CTG Brasil solta 120 mil peixes no rio Sapucaí-Mirim

A CTG Brasil, segunda maior geradora privada de energia do País, promove nesta quarta-feira (13) a soltura de 120 mil peixes das espécies lambari, curimbatá e piava-de-três-pintas no rio Sapucaí-Mirim, onde estão localizadas as Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs) Retiro e Palmeiras, operadas pela empresa.

A ação faz parte do Programa de Manejo e Conservação da Ictiofauna, realizado pela CTG Brasil com o objetivo de repovoar e garantir a diversidade de peixes por meio da produção e soltura de espécies nativas. As solturas são autorizadas pela Secretaria de Meio Ambiente e pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb).

O repovoamento contribui para a preservação da natureza e da biodiversidade e favorece o desenvolvimento regional por meio do turismo de pesca. Nas solturas são utilizadas apenas espécies nativas, capazes de se reproduzir e se adaptar plenamente à vida no rio, formando populações sustentáveis.